Araruama RJ / UCAMPROMINAS – Universidade Candido Mendes

A Universidade Candido Mendes e o Instituto Prominas chegaram a Cidade de Araruama , com cursos de Pós Graduação – Lato Sensu, Aperfeiçoamento, Extensão, Qualificação e Capacitação. Agora você não precisa mais sair de sua cidade para estudar sua Especialização.

Conheça um pouco mais da Cidade de Araruama – Rio de Janeiro

Araruama é um município do interior do estado do Rio de Janeiro, no Brasil.

De acordo com estimativas do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), até 2018, sua população era de 130.439 habitantes, o que a referenda como a segunda maior população da Região dos Lagos[7].

O município de Araruama estende-se por uma área de 635,4km², marcados por planícies e alguns lagos, entre os quais a Lagoa de Araruama e a Lagoa de Juturnaíba – está situada entre os municípios de Araruama e Silva Jardim. Geograficamente, Araruama é o maior município da Região dos Lagos.

O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) do município, segundo dados de 2010 era de 0,724 (alto), sendo considerado o 35° maior IDH-M do estado. Baseado em dados de 2000 à 2010, Araruama é o município que mais cresceu em todo o estado do Rio de Janeiro, tendo avançado 31 posições no IDH-M durante a gestão do ex-prefeito Francisco Ribeiro (popularmente “Chiquinho da Educação”).

O Produto Interno Bruto (PIB) de Araruama, segundo dados de 2014 era de R$ 2.053.626, sendo considerado o 35° PIB mais alto do estado. Araruama possui uma economia forte em relação aos demais municípios do estado, é também a 2° mais forte da Região dos Lagos.

A cidade de Araruama foi ocupada de forma intensa pelos índios Tupinambás, populações horticultoras e ceramistas de origem amazônica, que deixaram marcante presença de suas aldeias desde tempos pré-coloniais. Urnas funerárias, tigelas pintadas, além de uma grande variedade de formas cerâmicas utilitárias são exemplos do que pode ser encontrado nos diferentes sítios arqueológicos da região. As aldeias já pesquisadas, Morro Grande, em particular, com data de 2.200 anos, estão entre as mais antigas ocupações desse grupo Tupi em território nacional.

O local que atualmente corresponde à cidade de Araruama integrava a capitania de São Vicente, doada a Martim Afonso de Sousa, ainda no Brasil Colônia (1534), mas as primeiras notícias sobre a ocupação do território foram dadas em 1575 através da expedição do governador da capitania do Rio de Janeiro, Antônio Salema, que ia para Cabo Frio e que dizimou centenas de franceses e indígenas.

Os registros sobre o território de Araruama datam de 1615, em consequência da fundação da atual cidade de Cabo Frio, a qual veio a promover o reconhecimento do Rio São João e da Lagoa de Araruama.

Em 1626, as terras de Araruama integravam as sesmarias doadas a Manuel Riscado que implantou uma serraria utilizando o pau-brasil e outras madeiras de lei.

Através do edital de 10 de janeiro de 1799 foi criada a freguesia de São Sebastião de Araruama, que pertenceu ao município de Cabo Frio até 1852, quando, por Lei Provincial nº 628, passou a integrar o município de Saquarema.

Em 6 de fevereiro de 1859, pelo Decreto Provincial nº 1.128, a freguesia de São Sebastião de Araruama foi elevada à categoria de Vila de Araruama devido à extinção da Vila de Saquarema.A elevação de Araruama à categoria de cidade verificou-se em 22 de janeiro de 1890 através de decreto do governador Francisco Portela.

Araruama Hoje

Atualmente, a cidade é conhecida em todo o estado do Rio de Janeiro pela sua vocação comercial e, principalmente, pela sua vocaçãoo turística. Os turistas são atraídos pelas praias, principalmente as oceânicas, banhadas pelas águas cristalinas do Oceano Atlântico. Também são atrativos as praças, parques, centros de gastronomia e centros de entretenimento. Muitos de seus turistas se instalam em Araruama no verão, com o objetivo de rodar toda a Região dos Lagos, por conta das belas praias.