Cordeiro RJ / UCAMPROMINAS – Universidade Candido Mendes

A Universidade Candido Mendes e o Instituto Prominas chegaram a Cidade de Cordeiro – RJ, com cursos de Pós Graduação – Lato Sensu, Aperfeiçoamento, Extensão, Qualificação e Capacitação. Agora você não precisa mais sair de sua cidade para estudar sua Especialização.

Conheça um pouco mais da Cidade de Cordeiro – Rio de Janeiro.

Cordeiro é um município brasileiro do estado do Rio de Janeiro. Localiza-se a uma latitude 22º01’43” sul e a uma longitude 42º21’39” oeste, estando a uma altitude de 485 metros. Sua população estimada em 2010 segundo o IBGE, era de 21.158 habitantes. Possui uma área de 116,38 km².

Inicialmente ocupada por índios goitacases e coroados, a região de Cordeiro constou como rota para os colonos que se aventuravam à procura de ouro e pedras preciosas no interior da colônia, no final do século XVIII. A colonização de Cordeiro teve origem à margem esquerda do Rio Macuco, próximo da Fazenda Cordeiro, propriedade de João dos Santos Cordeiro, que cedeu parte de suas terras para o trilho do trem de ferro.

Em 1883, novos fluxos de colonização, lavradores e artífices chegaram à região, dando origem ao pequeno núcleo. O desenvolvimento da localidade proporcionou a criação, em 1890, do distrito de Cordeiro, subordinado ao município de Cantagalo.

O progresso apresentado pelo distrito motivou a criação do município de Cordeiro, em 1891, sendo a sede municipal elevada à categoria de vila. No entanto, essa autonomia durou pouco tempo, retornando o município de Cordeiro a sua antiga situação de distrito de Cantagalo. Em 1920, Cordeiro já era o mais importante centro comercial da região Centro-Norte Fluminense.

Esse fato determinou a instalação de um parque industrial, que teve início em 1922 com a Fábrica de Tecidos Nossa Senhora da Piedade.

Em 1936, Cordeiro foi elevada à categoria de subprefeitura, no governo do almirante Protógenes Guimarães. Data, verdadeiramente, daí, o grande desenvolvimento de Cordeiro, com a execução de inúmeros serviços, dentre os quais se destacam os melhoramentos nos serviços de abastecimento de água, construção de várias linhas de esgoto, pontes, praças públicas, jardins, avenidas etc.

A reintegração na categoria de município somente foi possível pelo Decreto-lei estadual nº 1.055, de 31 de dezembro de 1943. Cordeiro era uma área eminentemente agrícola, cultivando, sobretudo café, que aos poucos foi substituído pela pecuária. Foi instalado em 1 de janeiro de 1944, com a posse do primeiro prefeito nomeado.

A ocupação do núcleo urbano se processou em torno da antiga estação ferroviária. A expansão deu-se em direção às áreas planas nas margens do Rio Macuco, ao longo da linha férrea e em direção às principais vias de acesso.

O desenvolvimento econômico da cidade se deu, nos anos noventa e dois mil, com base no comércio, na fabricação de moda íntima e na fabricação de peças e prestação de serviços ao pólo cimenteiro da vizinha Cantagalo.

Entre os políticos de maior destaque nas últimas décadas estão Joaquim Tavares, Leonardo Vieitas, Silvio Daflon, Salomão Lemos, Leandro Monteiro e Luciano Ramos Pinto, todos ocupantes do cargo de prefeito do município entre 1985 e 2018.

A pequena cidade ganhou destaque nos anos noventa, com cobertura da imprensa nacional, por ser a cidade natal da então modelo Aline Wermelinger, que se casou em com o magnata da indústria das top-models e fundador da Elite Models, o empresário John Casablancas.