RIO DE JANEIRO / RJ – UCAMPROMINAS – Universidade Candido Mendes

RIO DE JANEIRO BANDEIRAA Universidade Cândido Mendes e o Instituto Prominas chegaram ao Estado do Rio de Janeiro – RJ, com cursos de Pós Graduação – Lato Sensu (Especialização), Aperfeiçoamento, Extensão, Qualificação e Capacitação. Agora você não precisa mais sair de seu estado para estudar sua Especialização. No final desta reportagem, verifique as cidades com representantes credenciados.

Rio de Janeiro é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Situa-se na porção leste da região Sudeste, tendo como limites os estados de Minas Gerais (norte e noroeste), Espírito Santo (nordeste) e São Paulo (sudoeste), e também oOceano Atlântico (leste e sul). Ocupa uma área de 43 780,172 km², sendo pouco maior que a Dinamarca. Apesar de ser, efetivamente, o quarto menor estado do Brasil (ficando à frente apenas dos estados de Alagoas e Sergipe e do Distrito Federal, respectivamente, em terceiro, segundo e primeiro lugar), concentra 8,4% da população do país, figurando, consequentemente, como o estado com maior densidade demográfica do Brasil.

Sua capital e maior cidade é a cidade homônima, a segunda cidade mais populosa do Brasil. Os naturais do estado do Rio de Janeiro são chamados de fluminenses (do latim flumen, literalmente “rio”). Carioca é o gentílico da cidade do Rio de Janeiro.

instituto prominas - logo fundo brancoSegundo dados do Censo 2010, o Rio de Janeiro é o terceiro estado mais populoso do Brasil. Os municípios mais populosos são: Rio de Janeiro, São Gonçalo, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Belford Roxo, Niterói, São João de Meriti,Campos dos Goytacazes, Petrópolis, Volta Redonda, Magé, Itaboraí, Macaé, Mesquita, Cabo Frio, Nova Friburgo, Barra Mansa e Angra dos Reis; todos estes com populações acima de 150 mil habitantes.

Muitas cidades destacam-se devido à forte vocação turística, tanto pela história dos períodos colonial e imperial quanto pelo ecoturismo de praias, montanhas e complexos lagunares. São elas: Araruama, Angra dos Reis, Armação dos Búzios,Arraial do Cabo, Cabo Frio, Itatiaia, Macaé, Nova Friburgo, Paraty, Petrópolis, Rio das Ostras, Resende, Saquarema,Teresópolis e Valença.

RIO DE JANEIRO MAPAO estado é formado por duas regiões morfologicamente distintas: a baixada e o planalto, que se estendem, como faixas paralelas, do litoral para o interior. Paraíba do Sul, Macaé, Guandu, Piraí, Muriaé e Carangola são os principais rios. Oclima varia de tropical a subtropical. Há ocorrência de geadas, nos meses de inverno, em regiões acima dos 1.000 metros de altitude e inclusive queda de neve esporádica no Parque Nacional de Itatiaia.

CLIQUE ABAIXO – Conheça abaixo as cidades que temos representantes credenciados:

A


Angra dos Reis‎ – Aperibé‎ – Araruama‎ – Areal‎

B


Barra Mansa‎ – Barra do Piraí‎ – Belford Roxo‎ – Bom Jardim – Bom Jesus do Itabapoana‎

C


Cachoeiras de Macacu – Cambuci‎ – Campos dos Goytacazes – Cantagalo – Carapebus‎ – Cardoso Moreira‎ – Carmo – Comendador Levy Gasparian‎ – Conceição de Macabu‎ – Cordeiro

D


Duas Barras – Duque de Caxias

E


Engenheiro Paulo de Frontin

G


Guapimirim

I


Itaboraí – Itaguaí‎ – Itaocara‎ – Itaperuna‎ – Itatiaia

J


Japeri‎

L


Laje do Muriaé‎

M


Macuco – Magé‎ – Mangaratiba‎ – Mendes‎ – Mesquita – Miguel Pereira‎ – Miracema‎

N


Natividade – Nilópolis‎ – Niterói‎ – Nova Friburgo‎ – Nova Iguaçu‎

P


Paracambi‎ – Paraíba do Sul‎ – Paraty‎ – Paty do Alferes‎ – Petrópolis‎ – Pinheiral‎ – Piraí‎ – Porciúncula‎ – Porto Real‎

Q


Quatis‎ – Queimados – Quissamã‎

R


Resende – Rio Bonito‎ – Rio Claro – Rio das Flores‎ – Rio de Janeiro (cidade)‎

S


Santa Maria Madalena – Santo Antônio de Pádua – São Fidélis‎ – São Francisco de Itabapoana‎ – São Gonçalo – São João da Barra‎ – São João de Meriti‎ – São José de Ubá‎ – São José do Vale do Rio Preto‎ – São Sebastião do Alto‎ – Sapucaia – Seropédica‎ – Silva Jardim – Sumidouro 

T


Tanguá‎ – Trajano de Morais‎ – Três Rios‎

V


Valença – Varre-Sai‎ – Vassouras‎ – Volta Redonda‎

Pós Graduação Univ Candido Mendes – UCAM/Prominas – Mangaratiba RJ

A Universidade Cândido Mendes e o Instituto Prominas chegaram a Cidade de Mangaratiba na Costa Verde – RJ, com cursos de Pós Graduação – Lato Sensu (Especialização / 6 Meses / 495hs), Aperfeiçoamento, Extensão, Qualificação e Capacitação Profissional. Agora você não precisa mais sair de sua cidade para estudar sua Especialização. Não perca esta oportunidade, ligue para nós que indicaremos o representante credenciado mais próximo.

Central de Atendimento: (21) 2682-1271 / (21) 8641-1628 / (21) 8112-1604

E-mail: eadriodejaneiro@gmail.com

Conheça um pouco mais da Cidade de Mangaratiba – Rio de Janeiro

Mangaratiba é um município da Microrregião de Itaguaí, na Mesorregião Metropolitana do Rio de Janeiro, no estado do Rio de Janeiro, no Brasil. Localiza-se a 85 quilômetros da capital do estado. Ocupa uma área de 353 083 km² e sua população foi estimada no ano de 2011 em 37 343 habitantes pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, sendo, então, o 44º mais populoso do estado e o menos populoso de sua microrregião.

Localiza-se a 22º57’35” de latitude sul, 44º02’26” de longitude oeste, na região da Costa Verde a uma elevação de dezoito metros do nível do mar. Está a uma distância de 85 quilometros da capital do estado. Limita-se a oeste com o município de Itaguaí, ao norte faz divisa com Rio Claro, a leste com o município de Angra dos Reis. Por fim, é banhado ao sul pela Baía de Sepetiba. De acordo com a contagem da população de 2010, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a cidade possui 37 343 habitantes. O território municipal estende-se por 353,083 km². O ponto mais alto da cidade encontra-se no Pico das Três Orelhas, a 1 035 metros de altitude.

No município, percebem-se três tipos de clima. Em função do relevo, nas áreas serranas, em altitudes superiores a 700 metros, é encontrado o clima mesotérmico, com verões brandos, sem estações secas; na baixada, a situação climática muda completamente, ocorrendo temperaturas mais elevadas, sem estação seca definida. A temperatura média anual é de 25 graus centígrados, com mínima de 10 e máxima de 40 graus centígrados.

O município conta com mais de 34 praias ao longo de sua faixa litorânea, que é acessível pela rodovia Rio-Santos.

Atualmente, Mangaratiba é um município residencial, possuindo grandes condomínios e alguns hotéis e resorts de luxo e um incipiente comércio local. A cidade possui enorme potencial turístico, com localização privilegiada entre os municípios de Angra dos Reis, Parati e Itaguaí, porém sua vocação turística não é plenamente explorada. O turismo é explorado apenas pelos grandes hotéis instalados na região e por poucas empresas de turismo. Os locais mais explorados são os distritos de Itacuruçá, Muriqui e Conceição de Jacareí.

A população de Mangaratiba estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 2011 foi de 37 343 habitantes. Em 2010, a população do município segundo o mesmo instituto, era de 36 456 habitantes, o que lhe classificava na 44ª posição a nível estadual. De acordo com o censo de 2010, 17 962 habitantes eram homens e 18 494 habitantes eram mulheres. Ainda de acordo o mesmo censo, 32 120 habitantes viviam na zona urbana (88,11 por cento) e 4 336 na zona rural (11,89 por cento). A densidade demográfica, que é uma divisão entre a população e sua área, era de 103,25 habitantes por quilômetro quadrado.

Dados do Censo 2000, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, apontou que o percentual de católicos em Mangaratiba era de aproximadamente 54,93 por cento, a grande maioria. Os evangélicos compunham a pesquisa com aproximadamente 21,81 por cento de praticantes. Pessoas sem religião aparecem com 13 por cento. As demais crenças contabilizavam 10,26 por cento.

O Município de Mangaratiba está dividido administrativamente em seis distritos: Conceição de Jacareí, Itacuruçá, Muriqui; Serra do Piloto e mais o distrito-sede de Mangaratiba e o distrito de Praia Grande, composto das localidades de Praia Grande e Sahy.

O Produto Interno Bruto de Mangaratiba é o menor de sua microrregião e o 44º do estado. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, relativos a 2008, o produto interno bruto do município era de R$ 453 431 mil. O produto interno bruto per capita é de R$ 14 237 3463 564 mil eram de impostos sobre produtos líquidos de subsídios a preços correntes.

O setor terciário é o mais relevante da economia de Mangaratiba. De todo o PIB da cidade 745 406 mil reais é o valor adicionado bruto da prestação de serviços. O setor secundário vem em seguida. 42 839 mil reais do PIB municipal são do valor adicionado bruto da indústria. Por sua vez, a agropecuária rende 9 041 mil reais ao PIB mangaratibense. No município, destaca-se a produção de banana, cana-de-açúcar, feijão, mandioca e milho, além da criação de caprinos, galináceos, muares, ovinos e suínos. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em 2010, o município possuía um rebanho de 5 310 bovinos, 151 equinos, 489 suínos, 96 caprinos, 8 asininos, 145 muares, 53 bubalinos, 96 ovinos, 1 652 galinhas, galos, frangos e pintinhos. Ainda no mesmo ano, Itaguaí produziu 572 000 de litros de leite, 6 000 dúzias de ovos de galinha e 300 quilogramas de mel.

Atualmente, a economia de Mangaratiba está sustentada na construção civil, exportação de minérios e nas atividades ligadas ao turismo.

O município de Mangaratiba possuía, em 2009, aproximadamente 9 191 matrículas e 35 escolas nas redes públicas e particulares entre os ensinos pré-escolar, fundamental e médio.

Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira e do Ministério da Educação, o índice de analfabetismo no ano de 2000 era mais frequente entre pessoas acima de 25 anos de idade (10,0 por cento), enquanto a faixa etária entre dez e catorze anos possuía a menor taxa (1,4 por cento). A taxa bruta de frequência à escola passou de 64,2% em 1991 para 83,4% em 2000. 764 habitantes possuíam menos de 1 ano de estudo ou não contava com instrução alguma.

Servidores da Prefeitura de Mangaratiba,  Governo do Estado, Servidores Federais, Empresas Conveniadas e Professores tem descontos exclusivos. Descontos válidos somente através do telefone:

Ligue e Confira: (21) 2682-1271

Prefeitura de Seropédica – RJ realizará concurso para Educação e Saúde

O Procurador Geral do Município de Seropédica, convocou a imprensa para uma coletiva na sala de reuniões da Prefeitura Municipal de Seropédica, para explicar a necessidade de mudar os contratos dos funcionários da Prefeitura.

De acordo com ele as Leis 012/1997, 02/1997, 066/1998, 087/1999 e 173/20025 que criavam 1.500 cargos de Assessor de Serviços Públicos (ASPM) eram ilegais, pois possibilitavam a contratação de funcionários burlando a realização de concurso público. “Em 2007 o Ministério Público começou a questionar estas Leis, quando a uma ação judicial foi impetrada contra a PMS em 2007 e foi julgada a revelia em junho de 2010, devido a falta de resposta do Governo à época”, explicou.

Com o objetivo de evitar a demissão de 1.009 funcionários a Prefeitura, através da Lei 405/2011 que cria o cargo de Serviço de Apoio Municipal (SAM). “Ou demitíamos 1.009 funcionários ou adequávamos a Lei para recontratar todos estes funcionários, por isso buscamos uma parceria com o MP, onde tivemos que fazer alguns Termos de Ajustamento de Conduta (TAC) para então criar esta nova Lei que possibilitou a recontratação de todo este pessoal, até que possa ser realizado um concurso público”, esclareceu o Procurador.

Direitos e benefícios garantidos

Até que sejam realizados os concursos públicos necessários para preenchimento das vagas, a PMS irá manter estes funcionários, mantendo garantidos os benefícios de férias e 13º salário. “Os trabalhadores contratados por prazo determinado têm direito de receber e gozar do período de férias, se for o caso, sejam estas integrais ou proporcionais. Outro direito garantido é a gratificação natalina, mais conhecida como 13º salário, seja ela integral ou proporcional”, concluiu.

O Procurador Geral do Município aproveitou para antecipar que o concurso para professores está previsto para ser realizado em janeiro de 2013 e o da área de saúde também será realizado em breve. “Este é um ano eleitoral, por isso temos apenas até junho para realizarmos qualquer concurso público, o que é inviável por termos que realizar licitações e etc. Porém estamos deixando tudo encaminhado para os concursos serem realizados em janeiro de 2013, pelo nosso Governo ou pelo próximo que assumir”, encerrou.