Pós Graduação Univ Candido Mendes – UCAM/Prominas – Sumidouro RJ

A Universidade Cândido Mendes e o Instituto Prominas chegaram a Cidade de Sumidouro no Centro Fluminense– RJ, com cursos de Pós Graduação – Lato Sensu (Especialização / 6 Meses / 495hs), Aperfeiçoamento, Extensão, Qualificação e Capacitação Profissional. Agora você não precisa mais sair de sua cidade para estudar sua Especialização. Não perca esta oportunidade, ligue para nós que indicaremos o representante credenciado mais próximo.

Central de Atendimento: (21) 2682-1271 / (21) 8641-1628 / (21) 8112-1604

E-mail: eadriodejaneiro@gmail.com

Conheça um pouco mais da Cidade de Sumidouro – Rio de Janeiro

Sumidouro é um município brasileiro do estado do Rio de Janeiro. Localiza-se a 22º02’59” de latitude sul e 42º40’29” de longitude oeste, a 355 metros de altitude. Possui 14.920 habitantes (2010),[3] e ocupa uma área de 395,213 km², subdividida em quatro distritos: Sumidouro (sede), Campinas, Dona Mariana e Soledade.

O município é vizinho a Nova Friburgo, Teresópolis, Carmo, Sapucaia e Duas Barras.

O município de Sumidouro recebeu essa denominação pelo fato de de um trecho do Rio Paquequer, em uma determinada parte do seu trajeto, descer por entre as pedras e rochas e só reaparecer metros depois, formando assim um “sumidoiro” ou “sumidouro”. “Sumidouro”, entre outras definições, significa um curso subterrâneo de um rio através de rocha calcária. O nome “Sumidouro” tem sua origem relacionada a um acidente geográfico semelhante, bem pouco comum, que chamou a atenção de muitos viajantes que acompanharam o rio Paquequer rumo às Minas Gerais ou inversamente, rumo à Corte do Rio de Janeiro, desde fins do século XVIII. Tão significativo era o acidente que chegou a suplantar, na prática do uso, o antigo nome de Nossa Senhora da Conceição do Paquequer e passou definitivamente a nomear a região. Segundo relatos, este raro e exótico acidente natural era objeto de atenção de muitos visitantes locais e de outras regiões, de forma a merecer até uma parada de trem. Momento em que as pessoas aproveitavam a laje sobre o Paquequer e o prazeroso cenário natural a sua volta, para raros momentos de convívio familiar e laser (foto). Em meados da década de 40, uma grande enchente no rio Paquequer, provocou a obstrução do fluxo das águas por aquela via subterrânea.

Alguns bairros de Sumidouro surgiram após a colonização da região do Vale do Rio Paquequer como as localidades de: São Caetano, Corguinho, Porteira Verde, Serra, Turma, Água Limpa, Lambari, Lagoa, Vale dos Pinheiros, Murineli, Vila Lampona e Duas Irmãs (ponto turístico).

Em Sumidouro localiza-se a Cascata Conde d’Eu, próxima a Dona Mariana, considerada a maior cachoeira do estado do Rio de Janeiro, com 127 metros de queda.

Como atração turística, entre Dona Mariana e o povoado de Murinelli, conta com trilha que percorre um extinto ramal da Estrada de Ferro Leopoldina, hoje sem os trilhos, passando por três túneis. Neste ponto, é possível observar a cachoeira e uma fazenda dos tempos do café. Tal ramal ligava Nova Friburgo a Porto Novo, atual Além Paraíba.

Destacam-se como atrações turísticas, entre outras, os vários acidentes geográficos como as Duas Irmãs, que impressionam pela beleza natural em que duas pedras gigantescas se apoiam uma na outra, formando um portal de entrada a um bairro da periferia da cidade de Sumidouro, denominado Chácara do Carapina.

O leito do Rio Paquequer é também um notável ponto de interesse turístico em virtude da sua beleza natural, sem citar o hoje extinto “Sumidouro das Águas”, que deu origem ao nome da cidade, onde o rio literalmente desaparecia por entre as pedras do seu leito só retornando à superfície quilometros adiante formando um belo e curioso acidente geográfico que, atualmente, encontra-se submerso.

Atualmente, o município é foco de pesquisas sociológicas que trabalham com a história oral dos moradores e estudos ambientais que visam analisar a degradação das nascentes de rios.

Servidores da Prefeitura de Sumidouro,  Governo do Estado, Servidores Federais, Empresas Conveniadas e Professores tem descontos exclusivos. Descontos válidos somente através do telefone: 

Ligue e Confira: (21) 2682-1271

Pós Graduação Univ Candido Mendes – UCAM/Prominas – Nova Friburgo RJ

A Universidade Candido Mendes e o Instituto Prominas chegaram a Cidade de Nova Friburgo no Centro Fluminense – RJ, com cursos de Pós Graduação – Lato Sensu (Especialização / 6 Meses / 495hs), Aperfeiçoamento, Extensão, Qualificação e Capacitação. Agora você não precisa mais sair de sua cidade para estudar sua Especialização. Não perca esta oportunidade, ligue para nós que indicaremos o representante credenciado mais próximo.

Conheça um pouco mais da Cidade de Nova Friburgo– Rio de Janeiro

Nova Friburgo (por vezes chamada de Friburgo) é uma cidade, sede do município de mesmo nome, no estado do Rio de Janeiro, no Brasil.

Localiza-se no centro-norte do estado do Rio de Janeiro, na Mesorregião do Centro Fluminense, a 22º16’55” de latitude sul e 42º31’52” de longitude oeste, a uma altitude média de 985 metros, distando 126 km da capital fluminense. Ocupa uma área de 965,81 km². Compreende os distritos de Riograndina, Campo do Coelho, Amparo, Lumiar, Conselheiro Paulino, São Pedro da Serra e Mury.

A sua população, no dia 1 de Agosto de 2010, de acordo com o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, era de 182 016 habitantes. As principais atividades econômicas são baseadas em: indústria de moda íntima, olericultura, caprinocultura e indústria (têxteis, vestuário, metalúrgicas e turismo). É a primeira cidade da região, menor apenas em números de habitantes, devido a população flutuante, que Petrópolis e a principal cidade de uma região que compreende cerca de onze municípios do centro fluminense, tendo influência em várias cidades da Zona da Mata Mineira. É também a cidade mais fria do estado.

O município se estende de sul a norte, em comprimento. As primeiras informações sobre a cidade contam que os imigrantes chegaram à Fazenda do Morro Queimado pelas encostas do Pico da Caledônia, por isso a região do Cônego possivelmente é uma das primeiras colonizadas da região. Ao longo do anos, o município foi tomando sua forma atual.

Nova Friburgo pode ser dividida nas regiões norte (Cons. Paulino e Riograndina), sul (Olaria e Mury), oeste (Campo do Coelho e Conquista) e leste (Amparo, Lumiar e São Pedro da Serra).

Distritos

  • 1º Distrito: Nova Friburgo
  • 2º Distrito: Riograndina
  • 3º Distrito: Campo do Coelho
  • 4º Distrito: Amparo
  • 5º Distrito: Lumiar
  • 6º Distrito: Conselheiro Paulino
  • 7º Distrito: São Pedro da Serra
  • 8º Distrito: Mury

A grande concentração da população em Nova Friburgo está distribuída no centro da cidade e entorno, nos bairros como Olaria (Conego, Cascatinha, Bela Vista, São Clemente); Varginha (Ponte da Saudade, Dom João VI, Imperial, Santa Luzia, Ouro Verde, Lucerne, Oscar Shultz, Fazenda Bela Vista, Curuzu, Nova Suíça, Sans Souci); São Geraldo (Santa Bernadete, Solares, Nilo Martins, Nova Esperança); Chacara do Paraíso (Jacina, Novo Horizonte, Bom Jesus); Duas Pedras (Villa Nova, São Pedro e Paulo, Corrego Dantas);e nos Distritos.

O município tem um forte apelo para o turismo devido à sua paisagem, aos seus rios e trilhas, e aos seus lugares bucólicos. A rede hoteleira instalada é a segunda do estado, perdendo apenas para a capital do estado, Rio de Janeiro. O distrito urbano é procurado por famílias e casais devido ao clima frio, à tranquilidade e ao romantismo. Friburgo possui também atrações afastadas de centro, procuradas por praticantes de ecoturismo e esportes de aventura. Um dos distritos mais conhecidos é o vilarejo de São Pedro da Serra.

O município também é conhecido como a Capital Nacional da Moda Intíma, por sua enorme produção (em torno de 600 milhoes de reais) com grande variedade de modelos. Suas marcas estão começando a competir no mercado exterior (exporta, atualmente, 4,6 milhoes de dólares). 25% da produção nacional de lingerie é produzida no município.

Nova Friburgo é a segunda maior produtora de flores do Brasil, sendo superada apenas por Holambra, em São Paulo. Nos últimos anos, o município tem recebido muitos estudantes, que procuram as universidades do município, evitando os grandes centros.

Apesar da grande tradição industrial trazida pela imigração alemã desde o final do século XIX, com fábricas como a Arp Fios e Bordados, Ypu, Filó, Sinimbu, entre outras, desde 1990 o município tem experimentado um lento crescimento econômico, principalmente no setor industrial, mas que desde 2004 vem se recuperando expressivamente. Esse período foi marcado em todo país pela abertura do mercado interno às importações, realizada pelo então presidente Fernando Collor de Mello. As principais indústrias do município são do setor têxtil, seguido pelo setor metalúrgico. O município tem no setor agrícola uma fatia considerável de sua receita. A maior parte do PIB deriva-se do setor dos serviços, seguido pela indústria e a agricultura.

A cidade também tem o quarto melhor nível de vida do estado do Rio de Janeiro, com um Índice de Desenvolvimento Humano de 0,818.